Ensaios – Olhares sobre a música coral brasileira

No mundo contemporâneo, além da formação técnica e musical, outras competências começam a assumir grande importância na formação do regente. Liderança, visão de futuro e otimização do tempo são algumas delas, bem como a capacidade de entender o contexto da comunidade onde seu coro está inserido.

No Brasil, tal contextualização foi gerando uma atividade coral de características muito particulares, num processo que se intensificou dramaticamente nas últimas duas décadas do século XX.

Neste livro, três regentes e um compositor que participaram ativamente desse processo contam parte de sua experiência, em textos objetivos e de fácil leitura. Elza Lakschevitz, entrevistada por Agnes Schmeling, fala de seu trabalho pioneiro com coros infantis, bem como do Projeto Villa-Lobos, da FUNARTE. Nestor de Hollanda Cavalcanti descreve sua convivência com o sempre inovador Marcos Leite. Carlos ALberto Figueiredo, comemorando 30 anos de carreira, comenta detalhes da formação e da função do regente.
Por fim, Samuel Kerr escreve uma instigante carta aos regentes do Brasil.

Trata-se de uma reflexão indicada não somente para regentes corais, mas para todos os educadores brasileiros.

Faça o download do arquivo PDF do livro aqui.

Esta entrada foi publicada em Sem categoria e marcada com a tag , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *